Chegou a hora: a escolha dos revestimentos!

Você sabe que fatores devem ser considerados na hora de fazer a escolha dos revestimentos? Pisos e azulejos devem ser muito bem pesquisados e escolhidos, se possível com a ajuda de um profissional. Focar apenas no preço pode sair caro mais tarde. O ambiente em que o material será instalado, o tipo e a intensidade do tráfego,  se o piso ficará em área interna ou externa e, um dos fatores mais importantes para mim, o tempo em que o revestimento ficará no ambiente. A durabilidade dos revestimentos é muito grande! Quantos casas ainda exibem os azulejos cheios de desenhos e fantasias, febre nos anos 80?

Adesivo para azulejo
Fonte da imagem: Mercado Livre

Vale dizer que as tendências lançadas devem ser sempre bem analisadas. Um modismo que muitas pessoas utilizam recentemente e que, pelo menos para mim, é preciso ser usado com cuidado, é a cerâmica ou adesivo que imita o ladrilho hidráulico. Concordo que o ladrilho é lindo! Mas depende muito da proposta do projeto, do local inserido e do gosto do cliente.

Buscando inspiração com quem entende do assunto – Expo Revestir 2016

Em março deste ano,  aconteceu em São Paulo a Expo Revestir, também conhecida como a Fashion Week da arquitetura. A feira é um verdadeiro sucesso, prova disso é que ela já está em sua 14ª edição, e coloca o profissional próximo aos lançamentos do mercado.

Nas exposições deste ano, o destaque foi para as tecnologias que aliam sustentabilidade e funcionalidade, como resistência aos raios UV, diferenciados tipos de polimentos, característica acústica, resistência ao fogo, maxiformatos, entre outros.

Um “modismo”, que tem ganhado força desde a Expo Revestir de 2014, é a textura e o jogo de relevos. Combinados com iluminação, esse tipo de cerâmica é capaz de conferir movimento e beleza às paredes. Veja alguns exemplos dos meus favoritos:

Revestimentos relevo
Fonte imagem: Palazzo Revestimentos

 

Linha Synapsis
Fonte imagem: Blog Solarium

O revestimento vem em placas cerâmicas inteiras, têm junta imperceptível com capacidade de criar grandes panos.

O relevo nas placas é uma tendência que apostaria para muitos e muitos anos em fachadas e em grandes áreas internas.

Escolha dos revestimentos: vale a pena investir em cerâmicas que imitam materiais?

Outro segmento que faz muito sucesso são as cerâmicas que imitam materiais e que estão cada vez melhores, mais realistas com impressões em 3D. Como por exemplo a cerâmica amadeirada. Ela transmite a beleza e o aconchego da madeira, além de contar com todas as características da cerâmica como fácil manutenção e resistência à abrasão e choques. Esta é uma ideia que pode ser utilizada em vários segmentos como, por exemplo, residências, academias e locais com tráfego pesado. Nas áreas externas não necessitam do tratamento e a da manutenção inerente à madeira. A cerâmica amadeirada é uma alternativa bonita, ecológica e de menor custo.

Sala piso cerâmico
Fonte imagem: Detalhes mágicos
Cerâmica imita madeira àrea externa
Fonte imagem: Decor facil

Sucesso nos anos 70 e 80 o concreto aparente voltou e a tendência também influenciou a cerâmica, trazendo agilidade, beleza e modernismo às obras.

Uma vez que a mão de obra para realizar esse tipo de revestimento in loco  é escassa, cara e podem ocorrer rachaduras, sem dúvida alguma a cerâmica imitando cimento queimado é a melhor alternativa.

Apostaria nesse tipo de revestimento tanto em paredes quanto em piso de residências, lojas, restaurantes e ambientes corporativos.

Piso imita cimento queimado
Fonte imagem: Portobello

 

Fonte imagem: Ceusa
Fonte imagem: Ceusa

 

Lembrando que o clássico nunca sai de moda, nem enjoa aqueles que estarão sempre no ambiente. Para garantir uma decoração arrojada, podemos ousar com mobiliários, cubas, tampos, entre milhares de itens que a arquitetura, a decoração e o design nos disponibilizam.

Na próxima vez que for escolher um revestimento, lembrem-se disso.

E você, o que pensa dos modismos? Que fatores considera na hora de fazer a escolha dos revestimentos? Deixe um comentário com a sua opinião sobre o assunto!

Deixe uma resposta