Greenery é cor Pantone 2017

Nesta quinta-feira (08/12) a Pantone anunciou a cor do ano 2017. O sistema da empresa Pantone é conhecido por misturar pigmentos para criar novas cores, essas cores são codificadas e nomeadas por números. Os números garantem o tom exato da cor desejada. A anos a cor indicada pela empresa vira tendência e influencia o mercado da moda, design e automobilístico.

Cor Pantone 2017: Verde Greenery. Fonte: Itapemafm

Verde Greenery

No mundo da decoração a aposta inicial era o verde Kale mas a Pantone anunciou um verde mais vivo e refrescante: o Verde Greenery.

Resultado da mistura de um verde musgo com amarelo intenso, a cor transmite otimismo, recomeço, frescor, como nos primeiros dias da primavera quando a natureza se renova. “Esta é a cor da esperança e da nossa ligação com a natureza. Ele remete ao que chamamos de palavras ‘re’: regenerar, refrescar, revitalizar, renovar. Toda primavera entramos em um novo ciclo. É algo como olhar para a frente”, garante Leatrice Eiseman, diretora executiva do Pantone Color Institute.

O tom revigora, acalma e traz frescor aos ambientes. Fonte: hiddenbed.com

Reconexão com a natureza

Diante do cotidiano estressante que o mundo está vivendo, a cor folhagem traz serenidade e desacelera. A ideia é levar a natureza para os ambientes. O verde nas paredes, objetos e marcenaria renova e revigora. Vem para rejuvenescer!

Praça Eliane do arquiteto Alex Hanazaki para a Casa Cor SP 2016. Fonte: Gazeta do Povo.

Em 2016 essa conexão com a natureza esteve muito presente em diversos ambientes da mostra Casa Cor pelo país inteiro. A maioria dos profissionais optou por inserir plantas nos ambientes, essa necessidade vem se firmando e é sucesso garantido sejam plantas ornamentais ou hortas em pequenos recipientes nas cozinhas. Os objetos e tecidos em nuances verde firmaram a tendência.

Por aqui na Casa Cor Santa Catarina o verde deu o ar da graça em 80% dos ambientes: como na palmeira e detalhes de louça da Varanda do Historiador de Marco Antonio Medeiros e Rose Campos; nicho “vivo” na Sala de Jantar de Anna Maya e Anderson Schussler; e nos vasos, mesinha de centro e até a cafeteira verde no Quarto Hostel de Estela Cislaghi.

 

Jardim  e vários tons de verde no quarto montado por Marcia e Manu Muller na Casa Cor Rio 2016. Fonte: Estadão.

 

Espaço Tenda da Casa Cor SP de René Fernandes. Fonte: Gazeta do Povo.

 

Sala de Turíbio e Zezinho na Casa Cor Pernambuco 2016: sofá com print de folhas e areca bambu em vaso conectam o espaço com a natureza. Fonte: Anual Design

 

Nicho “vivo” em frente ao balanço do Quarto da Menina, Três Arquitetura, Casa Cor SP 2016. Fonte: Mimostra

Runway

Nas coleções verão 2017 de Kenzo, Michael Kors, Zac Posen, Emilio Pucci e Balenciaga o tom de verde estava presente harmonizando com diversas cores. As peças chegarão ao mercado em março.

O estilista Michael Kors, por exemplo, combinou o verde Greenery com os tons Island Paradise e Lapis Blue, que tal?

Desfile primavera verão de Michael Kors harmoniza dois tons de azul com verde: Island Paradise -azul claro- e Lapis Blue -azul escuro. Fonte: Sacbee

 

 

Deixe uma resposta