Paisagismo residencial – Tratando o jardim frontal

O Paisagismo é um grande aliado da Arquitetura, de nada adianta uma linda fachada sem o acabamento de um belo jardim frontal. Hoje vou mostrar um pouco do paisagismo residencial, quais as plantas mais fáceis de manter, com poucas (ou quase nenhuma) queda de folhas e que vão deixar a sua casa sempre verdinha e linda.

Nos próximos posts dessa tag vou abordar plantas para apartamentos, ambientes internos e escritórios… afinal ter uma plantinha crescendo e florindo por perto faz bem a todo mundo!

A bordadura com tons de verde e com o Agapanto (já florido) protegem o muro de vidro. As palmeiras no interior do terreno garantem proteção visual aos moradores.
A bordadura em tons de verde e o Agapanto (já florido) protegem e embelezam o muro de vidro, enquanto as palmeiras no interior do terreno garantem proteção visual aos moradores. Todas as plantas escolhidas são perenes, suportam geadas e altas temperaturas.

 

Nessa residência o paisagismo foi pensado em 3 alturas. A calçada também foi planejada com recortes de grama, deixando o piso permeável a água da chuva. Alternativa que embeleza e drena o terreno.
Nessa residência o paisagismo foi pensado em 3 alturas. A calçada também foi planejada com recortes de grama, deixando o piso permeável à água da chuva. Alternativa que ornamenta e drena o terreno. Existem vários tipos de grama, escolha a mais adequada ao seu estilo de vida e que facilite a manutenção.

 

Aguapanto: Herbárcea, perene de 30 - 60cm. Floresce na primavera-verão, sua flor é muito resistente. Pode ser cultivado a pleno sol ou meia-sombra. Tolera baixas temperaturas. Fonte: Lorenzi, H & de Souza, Hermes Moreira, Plantas ornamentais no Brasil.
Aguapanto: Herbácea, perene de 30 – 60cm. Floresce na primavera-verão, sua flor é muito resistente. Pode ser cultivado a pleno sol ou meia-sombra. Tolera baixas temperaturas. Fonte: Lorenzi, H; de Souza, HM, Plantas ornamentais no Brasil.

 

O agapanto é muito utilizado em bordaduras , paredes, jardineiras, em grandes conjuntos canteiros e ao longo dos muros, como na imagem.
O agapanto é muito utilizado em bordaduras , paredes, jardineiras, em grandes conjuntos, canteiros e ao longo dos muros, como na imagem.

 

paisa_03
Outro exemplo de paisagismo residencial explorando diferentes alturas: gramínea, pingo d’ouro topiado junto ao muro e trepadeira. A trepadeira compõe o muro e desobriga a pintura regular.

 

Mais um muro protegido com o Pingo d'ouro utilizado como cerca viva e e gramínea garantindo a permeabilidade e consequente drenagem do solo. A cerca viva e o caminho bem marcado sinalizando o fluxo evitam que pedestres cheguem muito próximo à fachada da casa.
Mais um muro protegido com o Pingo d’ouro utilizado como cerca viva. A gramínea garante a permeabilidade e consequente drenagem do solo. A cerca viva e o caminho bem marcado sinalizando o fluxo evitam que pedestres cheguem muito próximo à fachada da casa.

 

paisa_10
Hibisco utilizado como cerca viva, nesse caso o arbusto foi plantado em frente ao muro. Essa planta floresce o ano inteiro e pode chegar a 5m de altura.

 

A Clúsia muito presente no litoral catarinense é bastante utilizada em cercas vivas. Suas folhas em verde intenso são muito bonitas e é uma planta bastante resistente. Nativa do Brasil chega a até 6m de altura.
A Clúsia muito presente no litoral catarinense é bastante utilizada em cercas vivas. Suas folhas em verde intenso são muito bonitas e é uma planta resistente. Cultivada a pleno sol ou meia-sombra. Nativa do Brasil chega a até 6m de altura.

 

Rabo-de-gato apesar de não passar do 20cm de altura é utilizado também junto a muros. No caso da foto ela demarca e embeleza o caminho até o acesso principal da casa. A inflorescência vermelha é presente o ano inteiro, porém necessita de rega periódica. Entre os pisantes de concreto foi plantada grama japonesa. O resultado ficou lindo!
Rabo-de-gato apesar de não passar do 20cm de altura é utilizado também junto a muros. No caso da foto ela demarca e dá cor ao caminho até o acesso principal da casa. A inflorescência vermelha está presente o ano inteiro, porém necessita de rega periódica. Entre os pisantes de concreto foi plantada grama japonesa. O resultado ficou lindo!

 

Podemos concluir que além da beleza as plantas podem definir fluxos, proteger a sua residência, diminuir a obrigatoriedade de pintura de muros e paredes deixando-os muito mais bonitos e vivos!

Espero que tenham gostado, até o próximo post.

 

 

 

 

Deixe uma resposta